Exódia, O Proibido

Publicado: 30 de janeiro de 2013 por hardrock0 em Cultura Japonesa, Games

O Exódia, carta mais famosa do deck de Yu-Gi-Oh, sempre foi a sequência de monstros mais cobiçada por qualquer duelista. Com um poder infinito, o encontro das cinco cartas vence qualquer batalha automaticamente.

Exódia, O Proibido
Cabeça do Exódia.

Na história do jogo, Exódia era um monstro poderosíssimo que foi dividido em cinco partes, todas lacradas com uma magia especial, para prevenir que seu poder viesse à tona novamente (por isso o nome “O Proibido”). Para desencadear a fera, é preciso reunir as cinco cartas na mão, o que gera uma vitória automática, independente da situação. No anime, o primeiro a usá-lo foi Yugi, em sua batalha contra Seto Kaiba. O monstro destruiu os três dragões brancos de olhos azuis de Kaiba e reduziu seus pontos de vida a zero.

Dragão Branco de Olhos Azuis
Dragão Branco de Olhos Azuis.

Yugi
Yugi.

Depois da batalha, o Exódia foi jogado ao mar. Apesar de todo esforço de outros duelistas, apenas duas partes conseguiram ser recuperadas.

Exódia Completo

Na descrição da cabeça, vem a seguinte frase: “Efeito: Quando você possuir em campo a Perna Direita do Proibido, a Perna Esquerda do Proibido, o Braço Direito do Proibido, o Braço Esquerdo do Proibido e essa carta em mãos, você ganha o duelo”, por isso os valores de ataque e defesa não são levados em consideração.

Cada complemento do corpo vem com os dizeres “proibido e selado por magia, todos que quebrarem este selo conhecerão um poder infinito”.

Braço Direito
Braço direito.

Braço Esquerdo
Braço esquerdo.

Perna Direita
Perna direita.

Perna Esquerda
Perna Esquerda.

Algumas outras versões, não tão poderosas, também existem, para casos especiais onde a batalha está quase perdida e não existe tempo para esperar que a formação completa do Exódia caia em mãos.

O “Contrato com o Exódia” é uma carta mágica que permite invocar o “Exódia Necross”. Porém, para isso você precisa sacrificar os braços e pernas do Exódia original.

Contrato com o Exódia

O “Exódia Necross” não pode ser destruído por cartas mágicas ou armadilhas, nem ser derrotado em batalha. Durante cada fase de espera, seu ataque (que já é de 1800) aumenta em 500 pontos. Só pode ser vencido quando um dos complementos do monstro original saem do cemitério.

Exódia Necross

“Exodius, o Supremo Deus Proibido” só pode ser invocado com todos os monstros do cemitério voltando para o seu deck. Cada vez que o ataque é declarado, um monstro volta para o cemitério, aumentando o poder de Exodius em 1000. Quando ela é retirada do campo, não pode mais voltar ao jogo. Se cinco partes do Exodia (sejam as originais ou as versões alternativas) forem mandadas ao cemitério por ação de Exodius, você vence o jogo automaticamente.

Exodius

Para terminar, temos “Exxod, o Mestre da Guarda”. Essa carta só pode ser invocada sacrificando um monstro que tenha no nome a palavra “esfinge”. Em cada turno, invocando um monstro de terra, ela produz 1000 pontos de dano aos pontos de vida do oponente.

Exxod

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s